20 maio 2015

A Abadia de Northanger ❤

A resenha de hoje é de um dos livros da minha autora favorita. Pausa dramática com muito amor e olhos brilhando. Eu adoro o trabalho da Jane Austen!

O livro trata de sua personagem principal Catherine Morland, uma menina que não tem nada demais a não ser o fato de ser mais bela do que quando criança, o que não é nenhum mérito . Uma jovem de poucas qualidades necessárias à uma dama do século XIX; possui um gosto por romances, mas nada que a faça uma leitora exemplar, na verdade, a impressão que a personagem transmite é de ser uma jovem abaixo da média, que leu um ou outro livrinho aos 17 anos, tentando correr atrás do tempo perdido, já que nada aprendeu para ser uma boa dama e boa esposa.

Ela tem a sorte de ser convidada por seus vizinhos, Sr. E Sra Allen, para passar uma temporada em Bath. Neste lugar ela faz novas amizades, frequenta bailes e teatros, conhece um amor. Lembrando que quando digo amor, me refiro àquelas experiências inocentes que Jane Austen cria. 


Muitas coisas acontecem, não desejo que esta resenha fique muito grande, então me adianto para o encontro entre a protagonista e a família Tilney. Catherine conhece o senhor Tilney em uma noite de baile, ela se deslumbra pelo  jovem misterioso que some e só retorna dias depois à Bath, com sua irmã mais nova Stra Tilney. Ao se tornarem amigas, Catherine recebe um convite do General Tilney (pai dos dois jovens irmãos) para passar algumas semanas em sua casa em Northanger, mais específicamente uma abadia.

A escrita da Jane Austen aqui muito se parece com orgulho e preconceito, mesmo que este romance (“A abadia de Northanger”) tenha sido escrito muito antes, além da  grande semelhança no enredo: mulher relativamente pobre do século XIX passa por alguns acontecimentos e se apaixona por um jovem rico. Por isso eu diria que quem gostou de “Orgulho e Preconceito”, certamente gostará de “A Abadia de Northanger”, embora a personagem Catherine seja muito mais sem sal do que Elizabeth.

Gostei muito do livro, embora não esteja entre os meus clássicos favoritos, não pude interromper a leitura por longos períodos, estava sempre sedenta por saber o que ia acontecer. Gostaria apenas de destacar que por mais que as histórias de Jane Austen sejam um pouco óbvias (claro que a gente já espera que a jovem relativamente pobre vá se casar com o jovem rico), o livro me surpreendeu bastante em alguns pontos. Gostei bastante da história, adoro a Jane Austen, os fãs não podem deixar de ler A abadia de Northanger. E mesmo quem não gosta muito de damas apaixonadas do século XIX, sugiro que conheçam a obra. Jane Austen é uma escritora brilhante, um tanto detalhista sem provocar cansaço, apenas o suficiente para nos fazer sentir o cheiro do carvalho de uma estrada britânica.



*Dica: Esse livro também tem filme de mesmo nome! Quem quiser conhecer a história, mas não é muito fã de romance fica a dica. E pra quem já leu e gostou: assistam que vocês vão achar lindo também! O filme é de 2007 e possui Felicity Jones que foi indicada ao Oscar pelo seu papel de Jane no filme "A Teoria de tudo". Se você quiser assistir a esse filme em inglês ele está no youtube, veja aqui.

Leia mais sobre:

17 comentários:

  1. Gosto muito da Jane Austen, faço a leitura sempre contextualizando com a época e isso é muito bom, ao menos para mim. Também acho que lembra muito Orgulho em preconceito... Senti falta da capa do livro.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olha eu tenho um livro com as principais histórias da autora Jane Austen, mas eu ainda não li e só tenho o DVD de orgulho e preconceito que irei assistir assim que tiver chance, porque ainda nem vi pra vc ter uma ideia. Mas tipo, eu não conhecia esse livro e até desconhecia o filme. Mas é bom saber, porque gostei bastante da sua resenha. Achei que você escreve muito bem. Se expressa de uma maneira que dá para saber tudo que sentiu lendo o livro. Espero poder gostar =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/05/resenha-delirio.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Silvana, fico muito feliz que tenha gostado do texto :3
      Poxa, orgulho e preconceito é tão legal, adoro a adaptação do filme também, assista sim!
      Existem muitas adaptações em filmes e séries sobre obras da Jane Austen, acho que farei um post sobre isso :D
      beijos!

      Excluir
  3. Meu Deus do céu, eu preciso ler os livros da Jane Auste para ontem! Tenho Orgulho e Preconceito na estante, mas minha vida anda tão conturbada com o ano de vestibular que fico temerosa de iniciar a leitura em meio a tantas coisas para serem feitas e acabar não dando a devida atenção que a obra merece. Quero muito fazer uma coleção dos livros dela, incluindo A Abadia Northanger. Espero ler em breve e gostar tanto quanto você.
    Parabéns pelo seu blog!
    Beijos!

    www.palavrasradioativas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, torço para que goste também <3
      Talvez você possa deixar para ler nas férias da faculdade, se dedicar aos estudos agora é muito importante mesmo. E tem outros livros de temas sociais e políticos que você pode ler para até te ajudar como referência na prova de redação, como George Orwell :D
      beijos

      Excluir
  4. Gente, não conhecia essa obra da Jane Austen, mas pela sua resenha parece um mais do mesmo, pois não achei a trama inovadora em relação a Orgulho e Preconceito, por exemplo. E apesar de ter amado as imagens lindíssimas que você usou, senti falta da capa do livro. E queria saber se o filme tem o mesmo título do livro? Bjs

    Território nº 6

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem? Os romances de Jane Austen tem uma característica muito própria, acho que precisa ser fã de romance para gostar muito de todos os livros. O filme tem sim o mesmo título do livro, inclusive ele está disponível no youtube em inglês nesse link aqui: https://www.youtube.com/watch?v=MqrfXsDshqg
      A atriz que interpreta a Catherine é Felicity Jones, mesma atriz que interpretou a Jane Hawking em "A teoria de tudo". :)
      E ah, obrigada pela sugestão, em breve terá uma capa linda aqui :)
      beijos :*

      Excluir
  5. Nunca li nada da autora, acredita? Mas tenho muita vontade de conhecer seu trabalho, pois adoro um bom romance. E pelo jeito esse livro é maravilhoso!
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho um livro da autora na prateleira, na verdade é uma edição que vem com 3 livros, mas acredita que até hoje eu não li um capítulo?
    Meu interesse pela escrita da autora é enorme, só não ganha da minha enrolação para dar conta de toda a leitura pendente.

    Gostei da premissa desta história, mas creio que acabarei assistindo ao filme primeiro, pois acho que vou demorar um pouco para conseguir ler o livro :(

    bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi, Mandy!
    Eu amo Jane Austen, já li alguns livros dela, já vi filmes e sempre que posso adiciono mais uma de suas obras a minha estante. Ainda não tive a oportunidade de ler esse livro, mas quero muito e ele já está na minha lista de compras há algum tempo. A autora é uma mestra da escrita e dos romances é difícil não se apaixonar pelo seu trabalho. :)

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  8. Quero muito ler algo da Jane Austen! Sempre ouço falarem super bem dos livros dela. Iria começar por Orgulho e Preconceito, mas agora depois da sua resenha fiquei curiosa com A Abadia de Northanger, parece ser uma história fascinante :)
    Beijos
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Mais um romance que eu desconhecia da Jane, gostei de saber que tem um pouco de O&P, confesso que nunca li nada da Jane, pois nunca tive oportunidade, mas dizem que ela é muito boa em sua narrativa, espero comprovar esse fato! Adorei sua resenha, além de me deixar curioso em relação a história, está muito bem escrita! Parabéns!

    Abraços e até!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oie, tudo bom?
    Confesso que não conhecia esse romance da Jane Austen, mas parece interessante, ainda mais porque quero ler algo da autora há muito tempo. É muito bom ler um livro que deixa aquela vontade de ler sem parar. Dica anotada!
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá, que imagens mais lindas e sugestivas!!!! Eu como uma romântica insaciável me interessei pelo enredo e fiquei aqui babando para ter esse e mais títulos dessa autora que tanto é adorada. Tenho Orgulho e Preconceito aqui mas até hoje não o peguei para ler, mas pretendo organizar um desafio para que eu leia mais clássicos nesse ano e com certeza ele entrará para a lista.

    Amei a sua resenha e fiquei curiosa para saber do desenrolar da história e do romance.

    bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá, sou muito fã da autora Jane Austen e quero muito poder ler todos os livros que ela escreveu. Só preciso de tempo!

    Glaucia Matos
    --> www.leitorait.com

    ResponderExcluir
  13. Oi, Mandy. Adorei sua resenha. Eu também amoooo Jane Austen, é a minha escritora estrangeira favorita! Já li O&P e adorei, atualmente estou lendo Persuasão e também gostando muito! Fiquei curiosa com esta estória mas realmente está bem parecida com os outros romances da Jane. O que eu mais gosto na escrita da Jane são as críticas à sociedade que ela disfarçadamente coloca na voz de seus personagens, isso me fascina!

    Beijinhos, Hel.

    leiturasegatices.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

 


Mandy Francesa
Direitos reservados 2014/2015 ©
Desenvolvido por Laíza Cabral
Ilustração por Carla Nascimento