06 abril 2015

8 frases que quem vai casar ouve


     Esse texto visa responder algumas perguntas, afirmações, desabafos e previsões que recebo quando revelo que pretendo me casar ano que vem. Para que isso se torne um texto puramente didático, dividirei em tópicos, de acordo com cada escolha de palavras que usam comigo.


1. “Pode não dar certo no final”
     Bom, ao contrário do que o imaginário das pessoas supõe sobre mim, sou mais racional do que emotiva. E isso quer dizer que meus pensamentos são mais guiados pela lógica do que por frios na barriga. Primeiramente, desmascaro o conceito que me rotulam de “acreditadora no amor verdadeiro e eterno”. Sim, eu não acredito e novamente sim, nunca acreditei. Não, nem quando eu tinha seis anos.
     Eu não espero dar valor ao amor do meu futuro marido por mim somente se ocorrer até o último dia de nossas vidas. Eu dou valor hoje. Se durante o casamento chegarmos ao consenso do divórcio, não tirarei crédito de todos os bons dias que tivemos.  Eu não sofro pelo medo de um fim. Um fim não anula os meus começos, é somente o desfecho de uma das minhas caminhadas. Sempre “um”, nunca “o”. Porque eu nunca serei somente a esposa, a casada, a não solteira. Serei várias coisas, como sempre fui. E se uma delas repousa, eu não perco o chão sob meus pés.
       Esta é a primeira vez que sugiro a pergunta de volta para você, não tenha vergonha! Se faça! Se pergunte: “eu tenho medo de não dar certo no final? Por quê?”


2. "Casamento não é fácil"
     Momento de sugestão para reflexão pessoal: você casou porque achou que seria fácil? Ou ainda: você não casou porque acha que seria difícil?
    Eu, particularmente, não faço minhas escolhas tendo como base o grau de facilidade. Minhas reflexões são um pouco mais profundas e gosto de considerar outros pontos. Em relação ao matrimônio eu não decidi que quero construir um porque vai facilitar a minha vida. Eu tomei a decisão de construir um relacionamento dessa complexidade porque eu gosto tanto da outra pessoa que quero estar com ela nos seus bons dias e nos piores, quando tudo está ruim e seria mais fácil eu me ausentar, deixar que sofresse sozinha e que carregasse sozinha alguns pesos que para casados ou solteiros, a vida joga nas costas.
3. "Mas se vocês resolverem se divorciar, após casados, terão que gastar dinheiro com advogado."
     Bem, se eu achar que um advogado não merece dinheiro pelo seu trabalho, posso sempre explorar minha mãe e o meu futuro marido, o seu irmão. Mas, eu acredito que advogados merecem ser (bem) pagos.
4. "Mas não faz festa não, só você não vai agradar todo mundo"
     Não vejo muito sentido nessa frase já que não vou casar para alimentar as pessoas ou oferecer uma festa que elas possam usufruir. Na verdade, se eu tiver uma cerimônia para troca de votos, os meus convidados serão escolhidos unicamente para prestigiar um momento que simbolize minha união de matrimônio. Não é uma festa feita pra você. Às vezes pode ser difícil entender isso, a gente tá tão acostumado a ser egóico e achar que tudo gira em torno do nosso umbigo, que quando um casal de amigos se casam e querem celebrar o momento, a gente logo acha que a festa é pra agradar a gente, né?

      


5.
 “Mas se eu fosse você continuava morando na casa da minha mãe e ficava namorando pro resto da vida”
     É claro que enquanto você não for eu você vai dizer isso. Por isso que a gente não diz sobre a vida das pessoas, porque não somos elas. 

6. 
“Você vai se arrepender”
     Explicarei sucintamente que nosso cérebro tem a capacidade de “prever” um acontecimento. Não é nada paranormal. É uma reação rápida e involuntária. Usando esse exemplo, quando você pensa em casamento, seu sistema límbico (emotivo) produz um conjunto de respostas que pelo seu cérebro podem ser interpretadas como negativas ou positivas. Assim você consegue, na maioria das vezes, fazer uma escolha. É algo natural do nosso corpo, a gente não controla e acontece com todos. 
     Como você pode imaginar, esse conjunto de respostas vai se diferenciar entre as pessoas, mesmo que o estímulo seja o mesmo. E cada um trabalha com o que sente, até porque (será redundante dizer, mas direi)  o que se aplica ao “eu” não se aplica ao “outro”.
7. “Casamento é rotina, não é ficar viajando, passeando e gastando dinheiro”
     Realmente não sei o que dizer já que nem nunca viajei, nem nunca tive dinheiro pra ficar gastando, nem sinto dor com a minha rotina. Mas será que você sente com a sua?


8. 
“A vida é muito dura, é difícil conseguir as coisas (casa, carro, contas a pagar) e é preciso sabedoria para manter uma relação íntima em momentos de dificuldades. Exige esforço e é preciso estar disposto sempre a se esforçar, por si e pelo outro”.
     O tipo de coisa que ouviria do meu pai ou do meu padrasto. A eles só prometo que estarei bem e que sinto sim que tenho maturidade pra isso.






Leia mais sobre:

3 comentários:

  1. Fato é que relacionamento, amor, casamento é como andar de bicicleta sem freio ladeira a baixo rsrsr vc tem que o tempo todo saber equilibrar as coisas para obter o resultado desejado.. enfim gostei do post sucesso..bjss
    http://florroxapoemasepoesias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Quantos anos você tem? Cara me casei aos 19 e ouvi muito disso cara
    o pior é que tanta gente meteu o bico pra falar tanta coisa que na época eu fiquei estressadíssima
    primeiro que pra eu ir morar com o saulo eu tinha que sair de casa casada >> regras da família e um monte de gnt nao entendeu e questionaram muito isso como se o que o outro segue eu devesse obrigatoriamente seguir
    acharam que eu estava grávida kkkkkkkkk
    disseram que a gnt ia passar fome e se arrepender kkkkkkkkk
    Fora que era um SACO os comentários pejorativos da minha "sogra" dizendo que "coitado do filho dela, vai morra de aluguel tadinho ela nao suporta essa situação" como se ele fosse sair de casa pra morar debaixo da ponte
    odeio gnt que se mete na vida dos outros cara DETISTU

    www.meumuraldeideias.com

    ResponderExcluir
  3. Ouvi todas essas frases e mais algumas quando fui casar. Me casei com 20 anos e um monte de gnt veio falar que eu estava desperdiçando minha vida, que ia me arrepender e tals, além daqueles que perguntavam se eu estava grávida pra estar casando tão nova. Eu e meu marido morávamos longe um do outro e estava cada dia mais dificil conviver com aquela distância toda, o melhor que fizemos foi casar e não me arrependo nadinha! rsrs

    ResponderExcluir

 


Mandy Francesa
Direitos reservados 2014/2015 ©
Desenvolvido por Laíza Cabral
Ilustração por Carla Nascimento